San Paolo e a Ilha de Tavolara



Depois de sair de Cala Gonone, passar o dia em Cala Brandinchi, chegamos em San Paolo só a tempo de nos acomodarmos no hotel,  dar uma volta e ver o passeio que faríamos no dia seguinte. 

As praias do centrinho são pequenas e bucólicas, e a vista fica ainda mais linda com a imponente pedra da Ilha de Tavolara. Mas depois de passar horas em Cala Brandinchi com suas areias brancas, pegar praia novamente nas areias grossas e douradas não me foi muito atrativo. Eu estava com fome. Quem me conhece sabe que estou sempre com fome e fico insuportável até comer. Decidi pegar uma pizza e comer nos bancos da praia, com a melhor vista que poderia ter.




No dia seguinte, compramos o passeio para a ilha, Custou 20 p/p. As saídas são do porto a partir das 9h de 30 em 30 minutos até as 13h, quando ocorre o primeiro retorno. Os próximos são 15h30, 16h30 e 17h30.

O tempo estava fechado, nem se via o topo da montanha. Mas era o dia que tínhamos e estávamos torcendo para abrir.




A ilha é grande, com baías a serem exploradas. Depois de caminhar por tudo, passar pelo cemitério, pela casa dos únicos moradores da ilha, decidimos ficar um pouco na praia principal, do mesmo lado do porto, onde ficam os restaurantes. 



Mas conforme as horas foram passando, a praia foi enchendo e decidimos ir para o outro lado, na Spiaggia Tramontana. De pedras com suas águas verde esmeralda, estava com poucas pessoas. O banho delicioso e o barulhinho das ondas mexendo as pedras é tão relaxante...




Depois ainda fomos numa prainha pequena, passando o porto, na Casa del Re Tonino. Não tinha ninguém além de nós, foi uma bela curtida. Só não se tem a vista da pedra. Ah, e o tempo abriu e o dia rendeu fotos lindas!




No dia seguinte, fomos até Cala Girgolu, deixamos o carro no estacionamento ( €1,50 a hora ou €12 o dia ). Nosso objetivo era ir até Spiaggia delle Vache. Fomos passando por várias baías lindas, com pedras em formatos dos mais diversos, inclusive uma que é igual a uma tartaruga. Levamos uns 40 minutos na trilha, paramos para fazer muitos vídeos e fotos. Vá costeando o mar que terá vistas lindas. A praia Delle Vache é um espetáculo. Água transparente, pedras que parecem as Seychelles. Leve água e lanches, não há nada para comprar.

Uma das baías que passamos na trilha

Parece mesmo uma tartaruga...


Uma das minhas praias preferidas da Sardenha

Dá para entender porque Delle Vache é das minhas preferidas né...


Depois de curtir bastante a praia, fizemos a trilha de volta, agora bem mais rápido e ficamos mais um tempo em Cala Girgolu. Essa praia tem fácil acesso, é de areia e tem bar e cadeiras para aluguel.


Girgolu tem vista para Tavolara

                         


                                     


Posts Relacionados

O que você precisa saber antes de ir para Itália

Sardenha

Cagliari

Cala Gonone, Cala Goloritze e o passeio de barco

Cala Brandinchi

Baja Sardinia e o Golfo de Pevero

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que você precisa saber antes de ir para o México