O que fazer em Dresden

Fundada em 1173, já foi capital do antigo reino da Saxônia, ela é dividida pelo rio Elba em Altstadt ( cidade velha ) e Neustadt ( cidade nova ).

Foi totalmente destruída na 2a guerra mundial. Já foi Patrimônio Mundial da UNESCO, mas perdeu o título devido à construção de uma ponte.

Aqui vou dar algumas dicas das principais atrações turísticas de Dresden, cidade cheia de histórias marcantes.

Groβer Garten


É um parque público lindo, no formato retangular, com 1,8 quilômetros quadrados. Inaugurado em 1676 e aberto ao público em 1814, tem zoológico, jardim botânico e o Sommer Palais, em estilo barroco.



detalhes do palácio


No verão, você pode usar o trem que percorre o parque para conhecê-lo.




Fábrica da Volkswagen


Como nosso tempo era restrito em Dresden, não entramos na fábrica, mas passamos em frente para ver a famosa fábrica de vidro. Dá para ver os carros lá dentro, parcialmente montados. 

Estádio Glücksgas Dresden


Inaugurado em 2009, após a destruição do antigo estádio de 1923.
Tem capacidade para 32 mil pessoas e é a casa do Dynamo Dresden.


 



Albertinum


Localizado próximo ao terraço de Brühl, tem esse nome em homenagem ao antigo rei da Saxônia, Albert. É um museu de arte moderna e tem obras dos famosos Monet e Van Gogh.





Terraço de Brühl



Terraço a beira do rio Elba. Um dos lugares mais bonitos da cidade. Apelidado de Balcão da Europa por proporcionar vistas lindas da cidade. Tem vários bancos para sentar e apreciar a vista.





Hofkirche


Construída em 1751 a pedido do rei Augusto da Polônia, é a maior igreja saxônia, sendo conhecida como Igreja da Santíssima Trindade. Muito danificada na 2a guerra, foi reconstruída em 1980. Entrada gratuita.





Theaterplatz ( Praça do teatro )



Lá estão localizadas construções históricas de Dresden, como a Hofkirche, a SemperOper e o Palácio Zwinger. 


SemperOper



É a casa de ópera mais famosa da Alemanha, casa da Sächsischen Staatskapelle, uma das orquestras mais antigas e famosas do mundo. Construída em 1841 e destruída na 2a guerra,  foi reconstruída em 1985. O tour custa EU$ 11.





Palácio Zwinger



Construído em estilo rococó, era parte de uma fortaleza de Dresden. Atualmente abriga museus. A entrada nos jardins é gratuita, só se paga a entrada nos museus. Vale muito a pena ficar um tempo e percorrer cada canto da parte externa do palácio. A subida também é grátis, e lá de cima se tem uma vista maravilhosa.







Fürstenzug ( Procissão dos príncipes )



É um imenso mural de uma procissão  à cavalo dos governantes da Saxônia. Foi originalmente pintado em 1876 para celebrar os 800 anos da dinastia Wettin. Foi substituído por 23 mil pastilhas de porcelana em 1907. 





Altmarkt



Antiga praça do mercado. Construída no século XIV, é a praça mais antiga de Dresden e era o ponto mais importante da cidade. Em 1550, na primeira expansão da cidade, foi construída a Neumarkt.


Neumarkt



É a nova praça do mercado. Localizada na Frauenkirche, foi construída no século XVI. Muito destruída na guerra, precisou ser reconstruída, sendo feita em estilo rococó e barroco tardio. 


Frauenkirche



A Igreja de Nossa Senhora é uma das mais importantes igrejas luteranas e um dos cartões postais de Dresden. Foi construída como igreja católica, no século XVIII, com uma das maiores cúpulas da Europa. Destruída em 1945, as ruínas foram deixadas de lado por 50 anos como memorial de guerra. A partir de 1994, com a reunificação da Alemanha, a igreja foi reconstruída, sendo finalizada em 2005. É possível subir ao domo ( pago).






Residenzschloss Dresden



Também conhecido como Palácio de Dresden, é um dos prédios mais antigos da cidade. Possui estilo que vai do barroco ao neo renascentista. Já foi residência de reis da Saxônia. Hoje abriga vários museus.



Kreuzkirche



Igreja luterana construída em 1800, em estilo barroco. A plataforma de observação tem 54 metros. 


Nova Prefeitura 



Estilo neo renascentista, possui a torre do relógio com 98 metros. A plataforma de observação tem 68 metros.





Posts Relacionados


O que você precisa saber antes de ir a Alemanha



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que você precisa saber antes de ir para o México

Kefalônia