Ubatuba

Localizada no litoral norte de São Paulo, cercada pela Serra do Mar e pela Mata Atlântica, a cidade possui mais de 100 praias, algumas super urbanizadas e outras ainda rústicas, com chão de terra, muita vegetação e pouco comércio.


Aliás, para nós, foi uma grata surpresa saber que mesmo perto de uma capital gigantesca como São Paulo existem lugares tão preservados.

São muitas praias, então obviamente não conseguimos conhecer tudo. Ainda pegamos alguns dias nublados, que usamos para visitar várias praias, surfar, mas as fotos com certeza não representarão a verdadeira beleza, pois a iluminação do sol é essencial.

Além das praias, há vários rios, cachoeiras e trilhas. Muitas opções de esporte outdoor.

Quando ir


O clima é tropical atlântico, com chuvas bem distribuídas ao longo do ano. Resumindo: pegar chuva ou não será questão de sorte.

Surfe


A praia mais famosa para o Surfe é Itamambuca. Mas rolam ondas em outras, como: Vermelha do Centro, Vermelha do Norte, Félix...

Vou falar um pouco sobre as praias que conhecemos.

Itamambuca


A nossa preferida. Além de bonita, rolam ondas por toda a praia. Quem estiver aprendendo, pode surfar no canto direito. Tem 3 escolinhas, então não há desculpa para não aprender.

Para quem gosta de ondas maiores, a praia toda oferece opções, embora o pico seja no canto direito.




Palco de alguns campeonatos de surfe, é uma das praias mais constantes para o prática do esporte.

Apesar das ondas, a praia é tranquila para o banho, sendo boa inclusive para ir com crianças.

Tem alguns quiosques de praia.


Vermelha do Centro


Outra boa opção para o surfe, nem sempre uma boa pedida para o banho. 


Ubatuba

ubatuba


Quando fomos, havia uma forte corrente de retorno. Para identificar essa corrente, basta conhecer um pouco o mar. Normalmente as pessoas entram justamente nesse trecho pois não quebram as ondas ( justamente a corrente não as deixa quebrar ). Meu marido tirou 2 pessoas da água nesse dia. 

No resto da praia tinham ondas fortes, um pouco de repuxo, mas com cuidado, dava para tomar banho.

Tem estrutura de restaurantes.


Vermelha do Norte



Praia de tombo, com fortes ondas, também é boa para o surfe. Devido a corrente em alguns trechos, o banhista deve tomar cuidado. 





Praia do Félix



A entrada da praia é feita por um condomínio. A estrada é repleta de placas de cobras, mas não vimos nenhuma. Muita natureza, árvores na beira da praia fazendo sombra, nem guarda-sol precisa levar!

Tem alguns barzinhos.





Praia da Almada



Para chegar à praia da Almada é necessário andar por uma estrada bem sinuosa. O bom que ela é bem alta e serve de mirante para outras praias, como a praia do Estaleiro.

De mar calmo, boa para o banho, tem vários restaurantes. No canto esquerdo da praia há um caminho por trás dos quiosques que chega na praia do Engenho. É dela que se pega a trilha para a Brava da Almada, que além de linda, é boa para o surfe. A trilha até lá dura uns 20 minutos. Lá não há barzinhos, então leve água e um lanche.


Almada



Praia Grande


O nome é devido a sua extensão: são quase 2 km de praia. Bem próxima a BR, antes de chegar já é possível avistar o movimento. É uma das praias mais democráticas. Tem crianças, famílias, jovens...conta com uma boa infra-estrutura. Lotadíssima e muvucada.





Boa para o banho e para o surfe. No dia que fomos, o mar não estava muito grande, mas tinha uma valinha abrindo muito, boa para um funboard.


Praia do Tenório


Ao lado da praia Grande, tem o mar mais calmo, sendo mais segura para o banho do que sua vizinha. 


Lotado de barracas de praia, muita gente, música alta. Para quem gosta de muvuca.






Praia do Itaguá


Praia urbana, perfeita para passear. Tem calçadão, alguns shoppings pequenos, muitos quiosques e restaurantes. 

A praia é linda, pena que a água não seja própria para o banho. Mesmo assim, vale a pena passear por ali. Além do calçadão com bancos e árvores, tem ciclovia.

Em dias chuvosos, a região é uma boa opção para ter o que fazer, como ir a bons restaurantes e passear no shopping.




Outros posts sobre Ubatuba

Onde ficar em Itamambuca: Espaço CurAmar
Onde comer em Ubatuba








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que você precisa saber antes de ir para o México

Kefalônia