Lefkada, a ilha mais neon


 


A ilha de Lefkada tem sua fama devido às suas águas azul neon. É inacreditável a coloração do mar, e conforme o sol vai subindo, vai ficando ainda mais neon.

Ela tem 303 km² e as praias mais famosas ficam no lado oeste da ilha. Uma dica para não perder muito tempo na estrada é ficar hospedado nessa região, e foi o que fizemos.

Essa ilha é ligada ao continente por uma ponte, talvez por isso ela seja bem movimentada. 

No primeiro dia, chegamos ao meio dia, fomos até nossa hospedagem, depois nos organizamos e só deu para pegar um fim de tarde na praia. Escolhemos uma não muito famosa, mas perto do nosso apê, a praia de Kathisma. Ela nem é das mais azuis, mas já tem uma cor linda.

No segundo dia fomos a Porto Katsiki. Eu nunca tinha visto um mar daquela cor. Na chegada, de cima da falésia, fiquei estarrecida com a cor daquela água. Chegue cedo, deixe o carro no estacionamento e desça os 100 degraus. Aproveite a descida para fazer fotos na escada.  Estenda a canga e entre no mar azul. Ah, ele é super azul neon, mas não é super transparente. As falésias calcárias que dão o tom neon à água deixam ela levemente leitosa. Caminhe por toda praia, ela é extensa. Mas cuidado com os paredões, às vezes pedrinhas pequenas caem. Até fizemos um vídeo de pedras rolando. E pela praia tem pedras enormes, acredito que caiam nos terremotos. Seja prudente.





No terceiro dia fomos a Egremni, junto com Katsiki, a mais famosa. Ela ficou interditada por muitos anos depois do terremoto de 2015, e só era acessível de barco. Ela já foi liberada. Chegamos cedo porque tem poucas vagas na estrada ( que é grátis ) e o estacionamento era 10 euros. Tem que caminhar pouco mais de 1 km por uma estrada asfaltada de depois descer 350 degraus!!! Sim, é puxado. Tem aluguel de cadeiras e guarda sol. Essa é outra praia extensa, que vale a caminhada.

Olha o azul dessa água gente!!!





No quarto dia fomos até Agios Nikita. O vilarejo em si é charmoso, mas a praia é bem normal. Pegamos a trilha até Mylos. Ela é tranquila, mas tem uma subidinha. Quem não quiser fazer a trilha pode ir de barco, mas eu recomendo fazer a trilha para ter a vista de cima. A cor da água é azul claro, e não tem o neon das outras duas famosas. Mesmo assim, compensa. Voltamos de barco ( 3 euros p/p ) até Agios Nikita, onde estava nosso carro.

Início da trilha

A vista de cima da trilha



A praia

Voltando de barco

No fim do dia, fomos curtir um sunset  em Kathisma. É o lugar ideal, tem alguns restaurantes, o mais bonito você caminha para direita na praia, até o fim. Ele é quase na areia, tem um deck espaçoso e um vinho super em conta. A praia inteira é cheia de bares e restaurantes, tem muita estrutura, pode passar o dia aqui.






No quinto dia arrumamos nossas coisas e fomos para o porto, nosso ferry saía ao meio dia rumo a nossa próxima ilha: Kefalônia.


Posts Relacionados

O que você precisa saber antes de ir para Grécia

Ilhas Jônicas

Corfu

Kefalônia

Zakynthos




















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que você precisa saber antes de ir para o México

Kefalônia