Arraial do Cabo


Localizado no estado do Rio de Janeiro, na Região dos Lagos, Arraial do Cabo é conhecida como Caribe Brasileiro. E a fama não é para menos, as praias são deslumbrantes. Depois de algumas viagens para Ásia, ficamos embasbacados com as belezas de um lugar tão próximo e tão belo.

A transparência da água, a visibilidade, as cores que variam do azul bebê passando ao turquesa e ao verde. O único porém é a temperatura da água: gelada! A gente não se importa muito e curte o banho mesmo assim, mas para quem só entra no mar com água morna...

A cidade é pequena, tem menos de 30 mil habitantes, pouca infra-estrutura turística, nada de pousadas luxuosas, grandes hotéis ou resorts. Mesmo assim, compensa muito ficar algumas noites, para poder desfrutar as praias e fazer o passeio de barco. 

Por ser uma cidade pequena, dá para fazer quase tudo a pé. Nós só usamos o carro para ir às prainhas do pontal, pois apesar de estarmos bem pertinho da entrada, a trilha é longa.

E não vá como nós, pensando que a cidade seria algo charmoso como Búzios. A cidade é bem feinha. Mas afinal, fomos para conhecer as famosas praias, e a cidade ficou mais simpática ao conhecê-la melhor.

As Praias


Com 8 praias, vou falar sobre as mais famosas.

Tem o passeio de barco imperdível, pois é o único jeito de chegar na Praia do Farol, uma ilha linda, com água transparente. Conto mais nesse post. O passeio também vai às Prainhas do Pontal do Atalaia e à Praia do Forno. 

Fique atento: os passeios não saem em dias de muito vento, por exemplo. Dos dias em que passamos em arraial, 2 dias não teve passeio. 

Prainhas do Pontal do Atalaia


Fica dentro de uma área de preservação, paga-se 20 reais por carro, e quando o estacionamento fica cheio, 250 carros, ainda é possível chegar de táxi ou a pé ( uma pernadinha no calorão do Rio ). Uber não pode entrar.

O nome "prainhas" é porque na maré cheia, a grande baía fica dividida em duas. 

É nessa praia que tem a famosa escadaria que viralizou no instagram, mas eu acho que a foto de cima da trilha fica ainda mais bonita.










Descendo a escadaria, a "primeira" praia tem estrutura de guarda-sol, já a "segunda" não, então você tem que levar sua canga e seu guarda sol ( o que recomendo, pois o sol está de rachar no RJ ). Curtimos um dia inteiro na segunda praia, que não fica muvucada como na primeira parte, perfeita para nós que amamos praia mais vazia.


Praia dos Anjos


É a praia onde saem os passeios de barco e ficam os barcos dos pescadores. Longe de ser  feia, comparada as outras, será somente uma praia de passagem. 




Praia do Forno


Saindo da praia dos Anjos, você pega a trilha que tem uma subida e uma descida acentuada, mas é uma trilha super fácil. Levamos 15 minutos para fazê-la, parando para as fotos.








Praia Grande


Fomos mais de um dia nessa praia, pois é das poucas surfáveis da região. 

Quando fomos, não tinha swell, mas estava rolando uma ondinha pequena perfeita para o Fun ou Longboard. Nos divertimos muito.







Quando tem swell, os locais disseram que rolam ondas grandes. A água é trincando de gelada, e apesar de não ter colocado a roupa de borracha, é bem recomendado. Eu precisava sair do mar porque ficava congelada.


Praia do Farol


Só acessível de barco, a paisagem é deslumbrante, apesar da galera toda que estava lá. O difícil é fazer uma foto sozinha lá...mas sempre se dá um jeito 😊

Conto mais sobre essa praia no Passeio de Barco.






Posts Relacionados

Passeio de Barco 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que você precisa saber antes de ir para o México

Kefalônia